Laboratórios

Abaixo estão relacionados os principais laboratórios com maior atuação dos professores do programa de pós-graduação em Produção Vegetal.

1) NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO EM MANEJO FITOSSANITÁRIO DE PRAGAS E DOENÇAS (NUDEMAF)

a) Setor da Fitopatologia
Área Construída: 300 m2
Possui dois pavimentos (Térreo: 3 salas de Professores, 1 almoxarifado, 1 sala de esterilização, 1 sala de recepção de materiais e 1 sala de apoio aos alunos da Pós-graduação; 1° andar: Laboratório de Fitonematologia, Laboratório de Micologia, Laboratório de Epidemiologia e Manejo de Doenças de Plantas, Sala de Eletroforese, Laboratório de Química, Produtos Naturais e Bioquímica Vegetal, Sala de Inoculação, Sala de Câmara Climatizada, Sala de Computação.
Principais equipamentos: Câmaras climáticas; microscópios de luz e fluorescência; refrigeradores; freezer; centrífuga; BODs; esterioscópio; chapa aquecedora; Balanças, estufas de secagem e esterilização; micrótomo rotativo de mesa; fonte de eletroforese; cuba para eletroforese; estufa bacteriológica; forno microondas; banho Maria; moinho de facas; câmara de fluxo; termociclador; autoclaves.

b) Setor de Entomologia
Área construída; 450 m2
Possui dois pavimentos ( Térreo: Laboratório de Controle Microbiano de Insetos, Laboratório de desenvolvimento de Fitoquímicos, Sala de manipulação, Sala de descarte de materiais, sala de professores. 1° andar: Box 1 - Sala de preparo de dietas; Box 2 – Criação de Armigera (Helicoverpa armigera); Box 3 – Criação de Tenebrio (Tenebio molitor), Gorgulho ou caruncho do milho (Sitophilus zeamais), Caruncho do feijão (Aconthoscelides obtecus), Ácaro rajado (Tetranychus urticae) e Cochonilha-branca (Planococcus citri); Box 4 – Sala de experimentos com armadilha luminosa; Box 5 – Criação de Broca pequena do fruto (Neoleocinodes elegantalis); Box 6 – Criação de Mosca-minadora (Liriomyza trifolli) e broca-do-café (Hypothenemus hampeii); Box 7 – Trips (Frankliniella schultzei) e pulgão (Myzus persicae); Box 8 – Criação de Cochonilha rosada (Maconelicoccus hirsuto); Box 9 – Sala de criação de Duponchelia (Duponchelia favealis); Box 10 – Sala de criação Trichogramma SP; Box 11 – Sala de câmaras climatizadas; Box 12 – Sala de aparelhos.
Principais equipamentos: refrigeradores; estufas com fotoperíodo; BODs; Balança Analítica; Agitadores; osmose reversa; chapa aquecedora; clivenge; evaporador; bomba de vácuo; banho ultratermostato; autoclave.

c) Prédio anexo - Biotério
Possui uma sala para Criação de Anagastha (Anagastha kuheniella) e uma sala para aplicação de produtos inseticidas.

d) Estufas de manutenção de plantas para criação e instalação de experimentos - área aproximada (450,00m²);

2) LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA E PRODUÇÃO DE SEMENTES
Área Construída: 100m2
Objetivos: Além de dar suporte as aulas práticas e teóricas da graduação, este laboratório é utilizado na pesquisa buscando gerar informações detalhadas sobre o potencial de desempenho das sementes, através de testes especializados e padronizados, que são adjuvantes na identificação de problemas e suas possíveis causas, para minimizar riscos em qualquer das fases de produção, ou seja, da pré-colheita até o momento de semeadura.
Principais Equipamentos: câmaras germinadoras; Estufas de secagem e esterilização; Destilador; Estufa de secagem e esterilização com ventilação forçada (grande capacidade); Câmara de envelhecimento precoce; Estereoscópio; Homogenizador de sementes; Balança helectolítica; Balança tríplice escala; Dessecadores; Balanças de precisão; Medidores de pH e condutividade elétrica; Agitadores magnéticos; Centrífuga; Freezer vertical; Geladeira; Micro triturador/ homogeineizador/ dispersor; Dois computadores com impressoras; Moinho de prova (arroz); Extratores de Soxhlet; Capela de exaustão; Banho-maria.

3) LABORATÓRIO DE QUÍMICA DO SOLO
Área Construída: 150m2
Objetivos: Dar suporte de análises químicas às atividades de ensino e pesquisas em química de solo.
Principais Equipamentos: Espectrofotometro de absorção atômica; Espectrofotometro de absorção molecular UV visível; Ultra centrifuga refrigerada; Fotômetro de chama; Osmose reversa; Estufas de ciculação forçada de ar; pH metros; Balanças de precisão; Mufla; Agitador circular horizontal; Agitadores magnéticos; Tituladores; Capela de exaustão de gás; Computador com impressora.

4) LABORATÓRIO DE FÍSICA/FERTILIDADE DO SOLO
Área Construída: 100m2
Objetivos: Dar suporte de análises químicas e físicas nas atividades de ensino e pesquisas em fertilidade do solo e áreas correlatas. Prestar serviços de análises químicas e físicas dos solos.
Principais Equipamentos: Absorção Atômica; Extrator de Richards; Mesa de tensão; Separador de agregado via seca; Separador de agregado via úmida; Amostrador de Uhland; Penetrometro de impacto; Agitador tipo Wagner; Agitador orbital; Aparelho para determinação da microporosidade; Estufa para secagem de solos e outros materiais; Balanças digital analógica e de precisão.

5) LABORATÓRIO DE FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS
Área Construída: 70m2
Objetivos: Dar suporte de análises químicas de material vegetal às atividades de ensino e pesquisas em geral.
Principais Equipamentos: Espectrofotômetro de absorção atômica; Fotômetro de chama; Osmose reversa; Estufas de ciculação forçada de ar; pH metros; Condutivímetro portátil e de bancada; Balanças de precisão; Mufla; Capela de exaustão de gás; Moinho tipo WILEY; Dessecadores; Geladeira; BOD’s; Blocos digestores; deionizador de água; Computador com impressora

6) LABORATÓRIO DE CULTURA TE TECIDOS
Área Construída: 65m2
Objetivos: desenvolver trabalhos envolvendo diferentes ferramentas da cultura de tecidos, tais como: embriogênese somática, micropropagação, poliploidização in vitro, indução de haplóides e duplo-haplóides, dentre outros.
Principais Equipamentos: uma sala de cultivo (controle de temperatura, luminosidade e umidade); Capela de fluxo laminar; Autoclaves; Agitadores magnéticos; Balanças analítica e semi-analítica; Banho-maria; Dessecador; Freezer; Geladeira; Microondas; Agitador tipo shaker ; Microscópios; Câmara de fluxo laminar horizontal.

7) PRÉDIO MULTIUSO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

Área construída: 254 m2
Laboratórios:
a) Genética e melhoramento vegetal
Objetivos: Esse laboratório destina-se ao desenvolvimento de trabalhos de pré–melhoramento, melhoramento e pós–melhoramento, utilizando ferramentas moleculares e de análises biométricas no estudo de coleções, famílias segregantes, populações experimentais e naturais, visando o desenvolvimento de genótipos vegetais superiores.
Principais Equipamentos:Geladeiras; Freezers; Estufas; capela de exaustão; Termociclador; Micropipetas; fonte de eletroforese; Microcentrífuga; Microondas;cubas de eletroforese.

b) citogenética
Utilizado em pesquisas relacionadas a organização do cariótipo de espécies animais e vegetais.
Principais Equipamentos: geladeiras; freezers; microscópios trinoculares acoplados à sistema de análise de imagens; chapa aquecedora; microscópios estereoscópicos; banho-Maria digital; Estufa; pHmetro digital
micropipetas.

c) Bioquímica e biologia molecular
Objetivos: desenvolver estudos acerca dos aspectos bioquímicos e moleculares em vegetais.
Principais Equipamentos: estufa de esterilização e secagem; refrigerador de 203 L; banhos-Maria; chapa aquecedora; Agitadores magnéticos; pHmetro; Capela de exaustão; Capela de fluxo laminar; Balanças analíticas; Centrífugas de bancada;Freezer -30ºC; Termocicladores; quatro cubas para eletroforese (duas verticais e duas horizontais); fontes paraeletroforese; agitador orbital; destilador

8) LABORATÓRIO DE MICROSCOPIA
Objetivo: tem caráter multidisciplinar e pode auxiliar estudantes e pesquisadores de diversas áreas no estudo das céluas e pequenos organimos com imagens de alta resolução.
Principais Equipamentos: microscópios binoculares; microscópio trinocular; banho Maria; chapa aquecedora; estufas; televisão acoplada a microscópio com sistema de visualização de imagens.

9) SETOR DE APOIO A PESQUISA DA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO
Objetivo: dar suporte às pesquisas realizadas por estudantes de graduação e pós-graduação Possui Cinco Casas de Vegetação (Com sistema automático de irrigação); Um Banco de Solos; e três Laboratórios de apoio.
Principais Equipamentos: Medidor de área Foliar (Área Meter); Medidor de Radiação (Radiômetro);Medidor de Clorofila; Moinho tipo WILEY; Balanças; Geladeira; Vidrarias; Vasos Plásticos Diversos;Pulverizadores

10) VIVEIRO FLORESTAL
O Viveiro Florestal do CCA está localizado na Rodovia Cachoeiro-Alegre, km 06 (Área Experimental I) no município de Alegre. Possui ca. 10.000 m2. Sua missão consiste em promover o desenvolvimento técnico-científico, com alto padrão de qualidade, da área de propagação de espécies florestais nativas e exóticas. Estrutura: galpão com banheiros, almoxarifado, escritório e área para preparo de substratos e tubetes. casa de sombra com irrigação controlada. pátio para crescimento e rustificação de plantas em tubetes com canteiros suspensos e irrigação controlada. Pátio com canteiros a pleno sol para mudas produzidas em sacolas plásticas. Sementeiras.

11) ESTAÇÃO METEOROLÓGICA CONVENCIONAL e AUTOMÁTICA (ÁREA DE EXPERIMENTAÇÃO)
Área Construída: 200m2

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000