Apresentação

Bem-vindo ao Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal (PPGPV) da Ufes

  • Esta linha de pesquisa tem como objetivo produzir conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação relacionados as seguintes áreas de atuação dos docentes permanentes e colaboradores sendo: Manejo fitossanitário de pragas, empregando técnicas de menor impacto ambiental visando a redução do uso de agrotóxicos; Estudos fitossanitários na propagação, produção e beneficiamento de sementes;Desenvolvimento e aprimoramento de técnicas de manejo de insetos e ácaros-praga com ênfase nos preceitos estabelecidos no manejo integrado de pragas; Desenvolvimento de modelos baseados em inteligência computacional e sensoriamento remoto para a descrição de sintomatologias do ataque de pragas e doenças vegetais visando a identificação de agentes causais e a recomendação de práticas localizadas de manejos fitossanitários; Identificação de ocorrência de enfermidades em hortaliças por estresse biótico ou abiótico; Estratégias de manejo agroecológico visando a melhor convivência de hortaliças com agentes biológicos (patógenos, insetos e plantas daninhas) e os estresses abióticos;Epidemiologia e Manejo de Doenças de Plantas; nutrição mineral como ferramenta no estudo da resistência de plantas a agentes biológicos; Estudos relacionados ao manejo integrado de pragas, entre o quais, controle biológico e métodos alternativos aos agrotóxicos; Controle biológico de fitopatógenos e artrópodes-praga; diagnose molecular, etiologia e variabilidade de fitopatógenos, desenvolvimento e aplicação de estratégias biotecnológicas para superar estresses bióticos e abióticos; Mecanismos vegetais de resistência a doenças e ao ataque de artrópodes;Estudo da genética, mecanismos moleculares e genes relacionados a respostas a estresses bióticos e abióticos;Seleção de plantas para resistência/tolerância a estresses bióticos e abióticos;Aspectos bioquímicos, moleculares e fisiológicos de plantas daninhas de importância agrícola e das relações planta-patógeno.

  • Esta linha de pesquisa tem como objetivo produzir conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação relacionados as seguintes áreas de atuação dos docentes permanentes e colaboradores sendo: Química, geoquímica, qualidade, poluição, manejo e conservação do solo; Dinâmica da matéria orgânica nos agroecossistemas tropicais e relação matéria orgânica desenvolvimento de plantas; Interação do desenvolvimento de mudas associadas diferentes substratos e estresses hídricos, salino e térmico; mapeamento de atributos de solo a partir de análise espacial e sensoriamento remoto; Avaliação da interação rodado/solo em cultivos mecanizados, visando aumentar a eficiência das máquinas e reduzir o impacto sobre o solo; Descrição espaço-temporal da interação solo/água/planta para otimizar e desenvolver práticas de manejo visando aumento na produtividade e sustentabilidade dos cultivos agrícolas; Nutrição mineral de hortaliças e manejo dos recursos solo e água visando potencializar o cultivo de hortaliças não convencionais (HorPANC); Associações planta-microrganismos; Avaliação e correlação da produtividade das culturas por meio de técnicas da agricultura de precisão, relacionadas a variabilidade espacial e temporal com atributos físicos e químicos do solo e teores foliares; Modelagem computacional na produção vegetal; Alterações dos atributos químicos e físicos do solo decorrentes do uso de resíduos na agricultura e dinâmica da água e nutrientes no sistema solo-planta-efluente; Mecanismos de transporte, absorção e utilização de nutrientes minerais; Eficiência agronômica de fertilizante organomineral fosfatado a base de biocarvões; Potencial de uso de biochars como condicionadores dos solos em culturas de interesse econômico; Interação solo-água-planta-atmosfera na produção e sustentabilidade dos cultivos agrícolas; Diversidade de comunidades microbianas associadas ao sistema solo-planta, bioprospecção de microrganismos habitantes dos solos com potencial biotecnológico;Relação solo-água-nutrição mineral em plantas de cajazeiro anão e plantas nativas da mata atlântica; Manejo nutricional do cafeeiro; Pedologia de ecossistemas tropicais e subtropicais; Intemperismo de minerais em solos; mineralogia e micromorfologia aplicados à pedogênese; Geoquímica de solos aplicada à pedogênese e a estudos ambientais; Intemperismo e gênese de solos; Classificação e levantamento de solos; Relação solo-paisagem - solo como registro de mudanças ambientais.

  • Esta linha de pesquisa tem como objetivo produzir conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação relacionados às seguintes áreas de atuação dos docentes permanentes e colaboradores sendo: Estudos da produção agrícola associada qualidade física, fisiológica, genética e sanitária de sementes; Adoção de técnicas de produção e cultivo de plantas visando a redução dos prejuízos causados por insetos e ácaros-praga de interesse agrícola; Agricultura de precisão como ferramenta no estudo e descrição do comportamento espaço-temporal de culturas agrícolas; Manejo agroecológico para a produção plantas; Tecnologia para o cultivo de hortaliças não convencionais (HorPANC); Identificação e solução de estresses bióticos e abióticos associados aos sistemas de produção vegetal; Estudos da nutrição mineral relacionados ao crescimento e desenvolvimento vegetal; Utilização de biocarvão como condicionador do solo na produção de mudas e cultivo de plantas; Flutuação populacional de pragas associadas as plantas cultivadas e desenvolvimento de estratégias de manejo integrado; Gestão da irrigação em cultivos agrícolas; Genômica funcional de espécies cultivadas e nativas, manejo e técnicas de cultivos de fruteiras tropicais e nativas da mata atlântica, Desenvolvimento e aprimoramento de técnicas de cultivo e melhoramento do cafeeiro;Estudos genéticos e genômicos na caracterização e melhoramento de espécies nativas e cultivadas, com ênfase em produção vegetal;Melhoramento e fisiologia de plantas cultivadas (cafeeiro, milho, soja, dentre outras) visando a compreensão dos mecanismos de tolerância à seca, aspectos relacionados à produtividade e qualidade das culturas, por meio de ferramentas bioquímicas e moleculares;

O Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal – PPGPV/UFES está conjugando esforços entre as atividades de ensino e pesquisa, nas diversas áreas das ciências agrárias e pretende alcançar os seguintes objetivos:
a) Promover a máxima utilização da capacidade criativa e crítica dos estudantes de pós-graduação, de forma que consigam acionar toda a energia potencial de mudança existente, como elemento de valor, a fim de que possam atuar verdadeiramente como agentes de transformação das ciências agrárias;
b) Estimular, de todas as formas possíveis e em todas as atividades de Pós-graduação, os métodos heurístico, a transformação e a descoberta, promovendo um processo constante e permanente de busca da verdade científica e o desenvolvimento de valores universais das ciências agrárias;
c) Desenvolver atividades de investigação no campo das Ciências Agrárias, através do estudo sistemático das áreas que integram o seu espectro, a fim de elevar e qualificar o nível de contribuição técnico-científico e didático das ciências agrárias, para o desenvolvimento do Espírito Santo e do Brasil;
d) Promover a investigação sistemática de métodos e técnicas agronômicas mais coerentes com o contexto da realidade socioeconômica e ambiental e com as necessidades de desenvolvimento do Estado, da Região e, consequentemente do País, impactando positivamente o meio ambiente.

O programa tem sua sede em Alegre-ES, oferecendo o curso de Doutorado em Produção Vegetal desde 2010 e o curso de Mestrado em Produção Vegetal desde 2004 e mantém um perfil de qualificação acadêmica atestado pela CAPES, tendo recebido conceito 4 na última avaliação.

O programa já formou 275 mestres e 76 doutores e conta com 79 alunos regularmente matriculados, sendo 39 no mestrado e 40 no doutorado.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000